Home / Campanhas / Silicose

Silicose

campanha_silicoseA Sílica é um mineral que está na maioria das rochas, no quartzo, na areia e em outros materiais. O pó fino da sílica surge na moagem , trituração, jateamento, lixamento, perfuração e em outras operações com materiais que contém o mineral.
Atenção: Nem todas as poeiras provocam a Silicose, apenas aquelas que contém sílica.

Como a Sílica age no pulmão?
Cada grãozinho de Sílica que chega aos pulmões provoca uma pequena cicatriz e ali fica preso. De grão em grão, o pulmão vai endurecendo. Na radiografia (chapa), começam a aparecer nos pulmões
grãozinhos brancos, que vão ficando cada vez mais maiores. A Silicose costuma aparecer depois de alguns meses – sendo uma doença progressiva e irreversível.

campanha_silicose2 campanha_silicose3O que é Silicose?
É o endurecimento dos pulmões, causado pela poeira da Sílica respirada durante o trabalho. Quando a doença estiver avançada, podem aparecer também dores nas pernas, no peito, na cabeça, além do emagrecimento. Os pulmões ficam fracos, facilitando o surgimento de outras doenças pulmonares, como Tuberculose.

Sintomas:
Canseira, falta de ar, tosse, tontura e fraqueza.

Onde mora o perigo?
– Fundições, indústrias metalúrgicas e siderúrgicas (jateamento, rebarbação, moldagem e sinterização);
– Mineração (minas e pedreiras);
– Construção civil (perfuração de túneis e poços);
– Cerâmicas (para construção, artística e refratária);
– Fabricação de vidro, fibra de vidro, abrasivos, massas e adesivos para vedação;
– Beneficiamento de areia.

Tratamento:
A Silicose é uma doença grave, sem cura, responsável pela invalidez e morte de vários trabalhadores. A primeira coisa que deve ser feita de imediato é afastar o trabalhador da exposição à Sílica e ter acompanhamento médico especializado.

campanha_silicose1Como evitar a Silicose?
É possível trabalhar em ambientes sem Sílica. Para isso, as empresas devem:
– Substituir os materiais que têm Sílica por outros (jateamento de areia, por exemplo, pode ser substituído pelo jateamento com granalha de aço);
– Umedecer a perfuração de rochas, o torneamento, lixamento, jateamento e outras operações a seco, impedindo que a poeira fique no ar;
– Lavar ou limpar com aspirador – não limpar pisos, máquinas e bancadas com vassoura ou ar comprimido;
– Separar os setores, com paredes e vedações, dos locais que produzem poeiras;
– Isolar a máquina ou aquela parte onde se produz poeira, do resto do local de trabalho;
– Utilizar Equipamento de Proteção Respiratória (máscara), indicada de acordo com a avaliação ambiental.

Direito dos Trabalhadores

Exigir que em seu local de trabalho sejam tomadas medidas para evitar a exposição à Sílica, principalmente de produção coletiva. (enclausuramento ou exaustão);
Receber todas as informações devidas quanto à prevenção bem quanto ao seu estado de saúde ocupacional com o devido acompanhamento periódico;
Receber gratuitamente a vestimenta adequada, que deve ser higienizada no local de trabalho, sob responsabilidade da empresa;
Receber gratuitamente todos os equipamentos de proteção individual;
Ações da CIPA e Sindicatos;
Denunciar às autoridades competentes quaisquer irregularidades;
Exigira a CAT sempre que sua doença decorrer do ambiente de trabalho ou de acidente ocorrido nele.

Quem de fiscalizar?
Trabalhador, Cipa, Sindicato, DRT, Serviço de Saúde do Trabalhador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *